Seguidores

Páginas

quarta-feira, 2 de março de 2011

Eu sou bem aventurado.



Um menino chegou à igreja devido ao sofrimento causado pela pobreza e pelas doenças em sua família. Sua mãe e ele frequentaram as reuniões assiduamente e, logo na primeira semana, ela foi curada de um cancro, comprovado pelo médico que acompanhou seu sofrimento durante cinco anos. Mais tarde sua mãe foi abençoada na vida financeira, tendo o seu próprio negócio. O menino foi crescendo e falava para todos sobre a cura do cancro de sua mãe, e o quanto foram abençoados financeiramente. Porém na escola, seus amigos caçoavam dele chamando-o de Bíblia, fanático e assim menosprezavam-no muito a ponto de ele chorar e não querer mais ir para a escola.
Sua mãe lembrou-se do Provérbio que diz: “Ensina a criança no caminho em que deve andar, e, ainda quando for velho, não se desviará dele” (Provérbios 22.6) e disse-lhe: Meu filho, quando eu estava morrendo com aquele cancro, seus amigos não fizera nada por nós; quando você ia para escola e não tinha lanche, ninguém lhe ofereceu o alimento para matar a sua fome. Quem se compadeceu de nós e nos libertou da pobreza? Quem nos salvou dando vida abundante, fazendo-nos felizes e abençoados, senão o nosso Senhor Jesus? Deus foi Fiel para connosco e não podemos ser ingratos e nos envergonhar de confessá-lo como Senhor de nossas vidas. Vá para a escola com a cabeça erguida, pois é um agraciado filho de Deus.
“Bem-aventurados sois quando, por minha causa, vos injuriarem, e vos perseguirem, e, mentindo, disserem todo mal contra vós” (Mateus 5.11).  Mensagem enviada a mim por minha linda amiga:Tia Dulce.

0 comentários:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...